Bryonia: Usos, efeitos colaterais, interações e avisos

Brionia, bryone, bryone Blanche, bryone Dioïque, Bryonia alba, Bryonia cretica, Bryonia dioca, bryoniae Radix, CouleuvrÃe, nabo do diabo, Inglês Mandrake, Herbe de Feu, Seal Ladies ‘, Mandragore grimpante, Navet du Diable, Rave de serpente , Tamu ..; Veja todos os nomes Brionia, bryone, bryone Blanche, bryone Dioïque, Bryonia alba, Bryonia cretica, Bryonia dioca, bryoniae Radix, CouleuvrÃe, do diabo Nabo, Inglês Mandrake, Herbe de Feu, Seal Ladies ‘, Mandragore grimpante, Navet du Diable, Rave de Serpente, Tamus, Tetterberry, Vigne Blanche, Vigne du Diable, Branco Bryony, Wild Hops, Wild Nep, Wild Vine, Madeira Vine; ocultar os nomes

Bryonia é uma planta. As pessoas usam a raiz para a medicina; Apesar das preocupações de segurança graves, bryonia é utilizado como um laxante para aliviar a prisão de ventre e como um emético. Eméticos são medicamentos que são usados ​​para provocar o vómito; Bryonia também é utilizado para tratar doenças do estômago e do intestino, doenças pulmonares, artrite, doença do fígado, e doenças metabólicas, e para evitar infecções. É também utilizado para aumentar a micção para aliviar a retenção de fluidos.

Bryonia raiz contém uma resina que tem um efeito laxante forte. Resina é um material de goma semelhante.

Provas suficientes fo; Estomacais ou intestinais doenças; Doenças pulmonares; Artrite; Doença hepática; doenças metabólicas; Retenção de fluidos; Prevenção de infecções; Causando vômitos; Outras condições. São necessárias mais provas para avaliar a eficácia da bryonia para esses usos.

Bryonia é provável inseguro para qualquer um usar. Em doses relativamente baixas, pode causar muitos efeitos colaterais, incluindo tonturas, vómitos, convulsões, cólicas, diarreia com sangue, o aborto, a excitação nervosa, e danos nos rins. doses maiores podem causar intoxicação fatal. Basta tocar bryonia fresco pode causar irritação na pele. Comer as bagas pode causar a morte; Precauções e advertências especiais: Gravidez e aleitamento -feeding: Bryonia é seguro para mulheres grávidas, quando tomado por via oral e, provavelmente, inseguro para o peito -feeding mulheres quando tomado por via oral. Ela pode causar um aborto espontâneo, além de sérios problemas de saúde para a mulher grávida ou a amamentar; Crianças: Bryonia é provável perigosas para as crianças quando tomado por via oral. Comer as bagas pode causar a morte; Estomacais e intestinais (gastrointestinais, GI) Doenças: Há muitas razões para não usar bryonia. Ela pode causar efeitos colaterais graves e morte. Além disso, ele pode irritar o estômago e intestinos e pode fazer problemas gastrointestinais pior.

Atualmente temos nenhuma informação para bryonia Interações

A dose apropriada de bryonia depende de vários factores, tais como a idade do utilizador, saúde, e várias outras condições. Neste momento não há informação científica suficiente para determinar uma gama adequada de doses para bryonia. Tenha em mente que os produtos naturais não são necessariamente sempre seguro e dosagens podem ser importantes. Certifique-se de seguir as instruções pertinentes nos rótulos dos produtos e consulte o seu farmacêutico ou médico ou outro profissional de saúde antes de usar.

Referências

Abud, A. P., César, B., Cavazzani, L. F., de Oliveira, C. C., Gabardo, J., e Buchi, Dde F. A activação de células da medula óssea tratados com Canova in vitro. Cell Biol Int 200; 30 (10): 808-816.

Akihisa, T., Kimura, Y., Koike, K., Kokke, W. C., Nikaido, T., e Tamura, triterpenóides T. cicloartanos da parte aérea de Bryonia dioica. Fitoquímica 11-20-199; 49 (6): 1757-1760.

Biglino, G. [Constituintes da raiz de Bryonia dioica. II. Isolamento de delta-7 stigmastenol]. Farmaco Sci 195; 14: 673-678.

Biglino, G. e Nano, G. M. [síntese parcial de bryogenine. XII. Constituintes de Bryonia dioica raiz]. Farmaco Sci 196; 20 (8): 566-569.

Biglino, G. e Nano, G. M. Constituintes das raízes de Bryonia dioica Jacq. Farmaco Sci 196; 22 (2): 140-151.

Cattel, L., Balliano, G., Caputo, O., e Viola, F. Biossíntese de cucurbitacins em Bryonia dioica mudas. Planta Med 198; 41 (4): 328-336.

de Oliveira, C. C., de Oliveira, S. M., Godoy, L. M., Gabardo, J., e Buchi, Dde F. Canova, uma formulação médica brasileira, altera o metabolismo oxidativo de ratos macrófagos. J Infect. 200; 52 (6): 420-432.

Fowden, L. Um novo derivado asparagina, N4- (2-hidroxi-etil) -L-asparagina, do bryony (Bryonia dioica). Biochem. 196; 81: 154-156.

Francisco, JA, Gawlak, SL, Miller, M., Bathe, J., Russell, D., Chace, D., Mixan, B., Zhao, L., caiu, HP, e Siegall, Expressão CB e caracterização de briodina 1 e uma imunotoxina de cadeia simples briodina 1 baseado no de cultura de células de tabaco. Bioconjug.Chem. 199; 8 (5): 708-713.

Gawlak, S. L., Neubauer, M., Klei, H. E., Chang, C. Y., Einspahr, H. M., e Siegall, C.B. molecular, biológica, e análise estrutural preliminar de briodina 1 recombinante, uma proteína de inactivação de ribossomas a partir da planta Bryonia dioica. Bioquímica 3-18-199; 36 (11): 3095-3103.

GMELIN, R. [OS PRIPLES amargo da RAÍZES DA RED Bryony, Bryonia dioica JACQ. ISOLAMENTO DE cucurbitacinas L, J e K, BEM COMO TETRAHYDROCUCURBITACINE I, UMA NOVA CUCURBITACINE NATURAL]. Arzneimittelforschung 196; 14: 1.021-1.025.

Gupta, M., Mazumdar, U. K., Sivakumar, T., Vamsi, M. L., Karki, S. S., Sambathkumar, R., e Manikandan, L. Avaliação da actividade anti-inflamatória do extracto de clorofórmio de Bryonia laciniosa em modelos animais experimentais. Biol.Pharm.Bull. 200; 26 (9): 1342-1344.

Karageuzyan, K. G., Vartanyan, G. S., Agadjanov, M. I., Panossian, A. G., e Hoult, J. R. Restauração do ciclo do ácido glucose-fatty desordenada em ratos aloxana-diabéticos por ácidos trihydroxyoctadecadienoic de Bryonia alba, uma planta medicinal armênio nativo. Planta Med. 199; 64 (5): 417-422.

Karagezian, K. G., Vartanian, G. S., e Panosian, A. G. [Efeito de um extrato das raízes de bryony (Bryonia alba) sobre a peroxidação lipídica no fígado de ratos com diabetes alloxan]. Biull.Eksp.Biol.Med. 198; 92 (8): 35-37.

Khan, M. T., Choudhary, M. I., Atta, ur Rahman, Mamedova, R. P., Agzamova, M. A., Sultankhodzhaev, M. N., e Isaev, M. I. tirosinase estudos de inibição de cicloartanos e cucurbitane glicosídeos e as suas relações estrutura-actividade. Bioorg.Med Chem 9-1-200; 14 (17): 6.085-6.088.

Konopa, J., Jereczek-Morawska, E., Matuszkiewicz, A., e Nazarewicz, T. substâncias antitumorais de Bryonia alba L. Neoplasma 196; 13 (3): 335-338.

Konopa, J., Matuszkiewicz, A., Hrabowska, M., e Onoszka, K. cucurbitacinas, substâncias citotóxicas e antitumorais de Bryonia alba L. Parte II: Os estudos biológicos. Arzneimittelforschung. 197; 24 (11): 1741-1743.

Konopa, J., Zielinski, J., e Matuszkiewicz, A. Cucurbitacins, substâncias citotóxicas e antitumorais de Bryonia alba L. I: isolamento e identificação. Arzneimittelforschung. 197; 24 (10): 1554-1557.

LARSEN, K. [medicinais e plantas venenosas. VIII. Bryonia alba e Bryonia dioica.]. Nord.Med. 5-24-196; 67: 675.

Mahasneh, A. M. e El Oqlah, A. A. Atividade antimicrobiana de extratos de plantas à base de plantas utilizadas na medicina tradicional da Jordânia. J.Ethnopharmacol. 199; 64 (3): 271-276.

Merck, C. C., Sonnenwald, B., e Rollwage, H. [A administração de drogas homeopáticas para o tratamento de mastite aguda em vacas]. Berl Munch.Tierarztl.Wochenschr. 8-1-198; 102 (8): 266-272.

Munoz, S. M., Salvarelli, S. M., Saiz, M. I., e Conde, F. P. A proteína tóxica de Bryonia dioica Jacq. frutos: a brydiofin. Biochem Biophys Res Commun 3-31-199; 183 (3): 1011-1018.

Nersesyan, A. K. e Collins, A. R. actividade genotóxica possível de extratos de raízes Bryonia alba em linfócitos humanos e de células transformadas. Neoplasma 200; 49 (2): 114-116.

Oobayashi, K., Yoshikawa, K., e Arihara, S. revisão estrutural do bryonoside e elucidação da estrutura de menores saponinas de Bryonia dioica. Fitoquímica 199; 31 (3): 943-946.

Otlewski, J., Whatley, H., Polanowski, A., e Wilusz, T. sequências de aminoácidos de inibidores de tripsina de melancia (Citrullus vulgaris), e vermelho (bryony Bryonia dioica) sementes. Biol Chem Hoppe Seyler 198; 368 (11): 1505-1507.

Panosian, A. G. [Efeito da Bryonia cucurbitacins na biossintese dos eicosanóides em leucócitos humanos]. Bioorg.Khim. 198; 11 (2): 264-269.

Panosian, A. G., Avetisian, G. M., Karagezian, K. G., Vartanian, G. S., e Buniatian, G. K. [ação hipoglicêmica de ácidos insaturados tri-hidroxi-gordos Bryonia alba L. em alloxan diabetes]. Dokl.Akad.Nauk SSSR 198; 256 (5): 1267-1269.

Panosian, A. G., Dadaian, M. A., e Gabrielian, E. S. [cucurbitacina R glicósido – um regulador da esteroidogénese e da formação de prostaglandina E2 – um modulador específico do córtex sistema hipotálamo-hipófise-adrenal]. Biull.Eksp.Biol.Med. 198; 104 (10): 456-457.

Panossian, A. G., Avetissian, G. M., Mnatsakanian, V. A., Batrakov, S. G., Vartanian, S. A., Gabrielian, E. S., e Amroyan, ácidos poli-hidroxi E. A. insaturado possuindo actividade como prostaglandina-de Bryonia alba II. Os principais componentes. Planta Med. 198; 47 (1): 17-25.

Panossian, A. G., Oganessian, A. S., Ambartsumian, M., Gabrielian, E. S., Wagner, H., e Wikman, G. Efeitos do exercício físico pesado e adaptogens no conteúdo de óxido nítrico na saliva humana. Fitoterápico. 199; 6 (1): 17-26.

Panossian, A., Gabrielian, E., e Wagner, H. sobre o mecanismo de acção de planta Adaptogénes com particular referência a cucurbitacina R diglucoside. Fitoterápico. 199; 6 (3): 147-155.

Paris, R. R., Delaveau, P. G., e Leiba, S. [Sobre a presença de C-heterósidos em bryony (Bryonia dioica Jacq.). Isolamento de um C-flavonoside identificado como alliaroside]. C.R.Acad Sci Hebd.Seances Acad Sci D. 3-21-196; 262 (12): 1372-1374.

Polanowski, A., Cieslar, E., Otlewski, J., Nienartowicz, B., Wilimowska-Pelc, A., e Wilusz, inibidores da proteína T. de tripsina de sementes de plantas da família Cucurbitaceae. Acta Biochim.Pol. 198; 34 (4): 395-406.

Seligmann, IC, Lima, PD, Cardoso, PC, Khayat, AS, Bahia, MO, Buchi, Dde F., Cabral, IR, e Burbano, RR O composto homeopático anticancerígeno “Método Canova” não é genotóxico para linfócitos humanos in vitro . Genet.Mol.Res. 6-30-200; 2 (2): 223-228.

Siegall, C.B., Gawlak, S. L., Chace, D., Wolff, E.A., Mixan, B., e Marquardt, H. Caracterização de proteínas de inactivação de ribossomas isoladas de Bryonia dioica e a sua utilidade como imunoconjugados carcinoma reactivo. Bioconjug.Chem. 199; 5 (5): 423-429.

Sivakumar, T., Perumal, P., Kumar, R. S., Vamsi, M. L., Gomathi, P., Mazumder, U. K., e Gupta, M. Avaliação da actividade analgésica, antipirética e estudo de toxicidade de Bryonia laciniosa em ratinhos e ratos. Am.J.Chin Med. 200; 32 (4): 531-539.

Suganda, A. G., Amoros, M., Girre, L., e Fauconnier, B. [Efeitos inibidores de alguns bruto e semi-purificados extratos de plantas francesas indígenas sobre a multiplicação de herpesvírus 1 humano e poliovírus 2 em cultura de células]. J Nat Prod 198; 46 (5): 626-632.

Tunmann, P. [ON BRYOAMARIDE partir da raiz do Bryonia dioica JACQ]. Arzneimittelforschung 196; 14: 1366-1367.

Tunmann, P. e Linde, H. [Contribuição para o conhecimento sobre os componentes que contêm nitrogênio em Bryonia dioica root]. Arch Pharm Ber.Dtsch.Pharm Ges. 195; 291/63 (5): 263-268.

Tunmann, P. e SCHEHRER, K. F. [Contribuição para a composição química de bryodulcosides. Parte 3. Com os constituintes das raízes de Bryonia dioeca Jacqu]. Arch Pharm 195; 292/64: 745-748.

Tunmann, P. e Stapel, G. [On bryodulcoside. 8. Na substâncias encontradas na raiz do Bryonia dioica Jacq]. Arch Pharm Ber.Dtsch.Pharm Ges. 196; 229 (7): 596-598.

Tunmann, P. e WIENECKE, H. [No primeiro glicosídeo amargo cristalina do Cucurbitaceae. Isolamento e propriedades de brvoamaride. 4. Relatório sobre os ingredientes nas raízes de Bryonia dioeca Jaqu]. Arch Pharm 196; 293/65: 195-202.

Tunmann, P. e WOLF, G. [Heterósidos de Bryonia dioeca root]. Arch Pharm Ber.Dtsch.Pharm Ges. 195; 289/61 (9-10): 459-469.

Ukiya, M., Akihisa, T., Yasukawa, K., Tokuda, H., Toriumi, M., Koike, K., Kimura, Y., Nikaido, T., Aoi, W., Nishino, H., e Takido, M. anti-inflamatória e anti-tumoral efeitos promotores de glicósidos cucurbitane a partir das raízes de Bryonia dioica. J.Nat.Prod. 200; 65 (2): 179-183.

Varshney, J. P. e Naresh, R. eficácia comparativa dos sistemas homeopáticos e alopáticos de medicina na gestão de mastite clínica de vacas leiteiras da Índia. Homeopatia 200; 94 (2): 81-85.

Varshney, J. P. e Naresh, R. Avaliação de um complexo homeopático no tratamento clínico de doenças do úbere de búfalos ribeirinhas. Homeopatia 200; 93 (1): 17-20.

Vartanian, G. S. e Karagezian, K. G. [efeito de normalização de Bryonia alba L. em fosfolipídios de sangue em alloxan diabetes]. Vopr.Med.Khim. 198; 27 (2): 179-181.

Vartanian, G. S., Agadzhanov, M. I., e Karagezian, K. G. [Regulação efeito dos ácidos trihydroxyoctadecadienoic de Bryonia alba no ciclo de ácidos glucose-graxos no alloxan diabetes]. Dokl.Akad.Nauk 199; 361 (5): 692-694.

Vartanian, G. S., Parsadanian, G. K., e Karagezian, K. G. [Efeito de ácidos trihydroxyoctadecadiene de Bryonia alba L. sobre a actividade de enzimas do metabolismo do glicogénio em aloxano diabetes]. Biull.Eksp.Biol.Med. 198; 97 (3): 295-297.

Wachinger, M., Samtleben, R., Gerhauser, C., Wagner, H., e Erfle, V. briodina, uma proteína de cadeia simples do ribossoma de inactivação, inibe selectivamente o crescimento de células por HIV-1 HIV infectadas e reduz produção -1. Res.Exp.Med (Berl) 199.; 193 (1): 1-12.

WHUR, envenenamento bryony P. White em um cão. Vet.Rec. 10-18-198; 119 (16): 411.

Paris, A., Gonnet, N., Chaussard, C., Belon, P., Rocourt, F., Saragaglia, D., e Cracowski, JL Efeito da homeopatia na ingestão de analgésicos seguinte ligamento do joelho reconstrução: a fase III randomizado monocentre placebo estudo controlado. Br J Clin Pharmacol 200; 65 (2): 180-187.

Medicamentos naturais base de dados detalhada versão do consumidor. veja Natural Medicines Comprehensive Database Professional Version. ÂTherapeutic Faculty Research de 2009.

Ex. Ginseng, Vitamina C, Depressão